Privatização da Eletrobras não será votada neste ano

Publicado em 11/07/2018 - politica - Da Redação

Privatização da Eletrobras não será votada neste ano

Deputado Emidinho Madeira lidera o movimento em Minas contra a venda de Furnas

O deputado Emidinho Madeira, que preside a Frente Parlamentar Contra a Privatização de Furnas, na Assembleia Legislativa de Minas, elogiou, na manhã da quarta-feira (11/07) a atitude do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que anunciou, no fim da noite desta terça-feira (10) que o projeto com regras sobre a privatização da Eletrobras não será mais votado neste ano. Para o deputado Emidinho Madeira esta é uma boa notícia. “Isso demonstra que a união de toda a sociedade com lideranças políticas tem dado resultado. Gostaria muito de agradecer essa atitude do Rodrigo Maia e parabenizar todos os setores envolvidos nessa luta contra a venda da Eletrobras, empresa que Furnas faz parte. Agradeço aos prefeitos Deco, de Piumhi, representando a AMEG, ao Zé Eduardo, prefeito de Capitólio, da ALAGO, na pessoa do Miguel Ângelo do SindeFurnas agradeço a todos os sindicatos e também um agradecimento especial ao deputado Leonardo Quintão que lidera esse movimento em Brasília contra a venda de Furnas. A gente sabe que a questão ainda não está totalmente resolvida, mas acreditamos que estamos no caminho certo e que unidos nós não vamos deixar vender Furnas”, ressaltou.

Na semana passada, o presidente da Câmara chegou a dizer que o projeto não seria pautado no plenário antes das eleições de outubro. E, após o anúncio desta terça, Rodrigo Maia foi aplaudido pelos deputados.


ascom