RANKING DO SEXO EM MUZAMBINHO: Judiciário irá apurar caso com rigor

Publicado em 11/01/2018 - cidade - Da Redação

RANKING DO SEXO EM MUZAMBINHO: Judiciário irá apurar caso com rigor

Confira a íntegra da nota enviada à redação pelo Juiz da Comarca, Dr. Flávio Schmidt

Considerando a grande repercussão dos últimos fatos noticiados pela mídia local e regional sobre a tal “lista” das meninas da sociedade muzambinhense que foram levianamente atacadas em suas dignidades e personalidades por pessoas indecentes, sem escrúpulos, tenho a informar que o Poder Judiciário, juntamente com o Ministério Público, irá tomar todas as providências necessárias para apurar os fatos e punir os culpados com rigor, cível e criminalmente.

Não é possível que nos dias atuais, em que enfrentamos problemas de toda a ordem, encontramos ainda pessoas desocupados, dissociados de compromissos com a sociedade de bem, mais preocupados em espalharem maldade, perversidade... procurando apenas prejudicar àqueles que estão lutando para dar conforto à sua família.

Se acharem que isso é só uma brincadeira de mal gosto... estão enganados.

Isso é coisa de gente grande e criminoso. 

Dá cadeia! Aliás, agora Alfenas. Uniforme Laranja (SUAPI).

Sabe por quê?

Com a expansão e facilitação do acesso à internet nos últimos anos, as atividades e práticas ilegais também aumentaram junto. Seja utilizando a internet como instrumento ou apenas praticando os atos ilegais em sites e redes sociais, os crimes cibernéticos estão por toda parte e entender o que são é fundamental para evitar e impedir essas práticas.

Conhecer exemplos de crimes cibernéticos pode auxiliar a entender o que podem ser classificadas como atividades ilegais cibernéticas e como se proteger delas. Os exemplos mais comuns são os vírus de computador, os programas e códigos maliciosos, os roubos de informações, fraudes de dados, além de acessos não autorizados.

Além desses exemplos, também existem os crimes conhecidos como tradicionais ou comuns e que usam a internet como instrumento: bullying, intimidação, chantagem, calúnia, assédio, extorsão, espionagem, plágios, pornografia infantil, terrorismo, entre outros.

Algumas das formas mais comuns de cometer esses crimes cibernéticos envolve o envio de e-mails com vírus, mensagens em redes sociais, além de roubo de informações por meio de sites de bancos e de comércio eletrônico.

Então, além de todos os crimes comuns praticados de quem realizou a “lista”, de quebra tem os cibernéticos, que somados dão uma boa quantidade de anos na cadeia.

Ah! Outro detalhe, quem curti e compartilha, é co-autor dos crimes.

Então estamos correndo atrás de todos.

Que sirva de lição aos envolvidos dessa “brincadeira”, porque os responsáveis serão punidos.