Consul do Japão foi recebido pelo prefeito de Poços

Publicado em 23/03/2019 - regiao - Da Redação

Consul do Japão foi recebido pelo prefeito de Poços

Em visita rápida a Poços de Caldas, o cônsul do Japão Yoshitaka Hoshino foi recebido pelo prefeito Sérgio Azevedo na manhã de sexta, 22/03, no Recanto Japonês da cidade. Ele foi convidado pelo prefeito e pela Associação Nikkei local para conhecer o logradouro turístico e a comunidade de descendentes japoneses da cidade . O objetivo da visita foi sensibilizar o cônsul para uma futura parceria na reconstrução da Casa de Chá, destruída por um incêndio em 2016. 

O prefeito fez a entrega de documentos ao cônsul, que incluíam um histórico de Poços de Caldas e um descritivo de todo o espaço do Recanto Japonês, detalhando as suas características, além de um documento solicitando apoio à reconstrução do espaço. Sérgio Azevedo e o representante da Associação Nikkei, sr Silvio Kimura, fizeram ainda um convite ao cônsul para que possa voltar à cidade a passeio, para conhecer melhor os demais pontos turísticos, as águas termais e desfrutar da receptividade do povo poços-caldense. 

O cônsul, visivelmente admirado com a beleza do lugar, disse que não poderia detalhar qual tipo de ajudar poderia fornecer, pois havia acabado de receber a proposta da Prefeitura. Mas, se comprometeu a estudar todo o material e a entrar em contato posteriormente. Indagado sobre a tradição da cerimônia do chá, disse que este é um costume que se firmou a partir do século 17, e que nos dias atuais não existe mais entre os descendentes, apenas nas comunidades onde se cultua mais a tradição japonesa, como em São Paulo e Minas Gerais. Além dos documentos, também recebeu presentes das autoridades locais, como cristal e azeite. 

Para o prefeito Sérgio Azevedo, a visita foi uma oportunidade para que o cônsul pudesse conhecer pessoalmente o Recanto Japonês e a comunidade Nikkei de Poços. “Solicitamos que estude com carinho uma ajuda para recuperar a nossa Casa de Chá. Já contamos com um projeto e orçamento, realizados gratuitamente pela empresa Nakashima Komuten. Se pudermos contar com o apoio do consulado, outras empresas poderiam se interessar nesta parceria, além do próprio governo japonês. Todo esforço é válido para que possamos recuperar esta história e a tradição do Recanto”. 

Questionado para o projeto das Parcerias Público-Privadas (PPP), que prevê a terceirização de parte dos pontos turísticos da cidade, incluindo o Recanto Japonês, o prefeito informou que o projeto retornou da Câmara para alguns ajustes, que estão sendo providenciados pelo BDMG. “Estamos terminando estas alterações e espero que, em abril, já possa ser votado na Câmara, este projeto que será um marco no turismo da cidade e região. Mas, paralelamente, não podemos perder as oportunidades que surgem, vamos tentar de todas as formas a recuperação não só do Recanto , mas também do que for necessário nos demais pontos turísticos”. 

Comitiva

O cônsul esteve acompanhado de Sachiko Yokota, consulesa responsável pela Assistência de Projetos Comunitários e Segurança Humana e pela assistente Misako Kikuchi. Para recepcioná-lo, cerca de 20 representantes da comunidade nipônica de Poços de Caldas, que congrega aproximadamente 150 famílias na cidade, o secretário municipal de Turismo, Ricardo Oliveira, representantes do Condephact e do Comtur e servidores das secretarias de Planejamento e de Turismo.


ASCOM